Metas SMART é uma metodologia para definição e acompanhamento de metas. Criada pelo austríaco Peter Drucker, reconhecido como o pai da administração moderna. O acrônimo faz referência aos seus cinco pilares:

  • Spefic (Específica)
  • Mensurable (Mensurável)
  • Attainable (Atingível)
  • Relevant (Relevante)
  • Time-Bound (Temporal)

No Marketing Digital as metas SMART ainda não são amplamente utilizadas em comparação a outros segmentos, como desenvolvimento de produtos ou administração de empresas.

Mas, como profissional ou gestor de um projeto que envolve marketing, conhecer e aplicar as metas SMART pode ser o que você precisa para conquistar os resultados que precisa, em um curto prazo de tempo e sem desperdiçar recursos (humanos e financeiros).

Em relação às outras formas de definir metas no Marketing Digital, as metas SMART se diferenciam pela sua simplicidade de aplicação e facilidade de gestão ao longo do projeto.

Desvendando as metas SMART no marketing digital

A palavra “smart” pode ser traduzida como “inteligente”. Este trocadilho indica que, além de ser uma abreviação dos cinco pilares da metodologia, estamos falando de um caminho mais inteligente para definir, traçar e conquistar metas.

Veja o que significa cada um dos pilares das metas SMART e como eles podem ser usados no marketing de sua empresa.

1. Specific (Específico)

O primeiro passo é transformar uma ideia ampla em um objetivo específico, para, a partir dele, estabelecer as metas. Este objetivo deve responder a perguntas básicas, tais como “o que”, “porque” e “como”.

Suponha que a ideia seja aumentar as vendas online de uma loja. Transformar esse plano em um objetivo específico poderia ser:

aumentar em 30% as vendas online no segundo semestre.

Com esse indicativo, que coloca uma quantidade no objetivo, tornando-o específico, a loja pode começar a planejar as estratégias que possibilitem alcançar a meta desejada. 

Transformar um plano em um objetivo específico é importante para que todos os envolvidos com a meta não só tenham clareza do que estão correndo atrás, mas também possam acompanhar a situação atual do projeto em relação à meta, o que nos leva ao próximo conceito.

2. Mensurable (Mensurável)

Uma vez estabelecido seu objetivo de forma específica, é preciso elaborar uma maneira assertiva de acompanhar a evolução da meta. Para isso, é interessante delimitar etapas para verificar o progresso ao longo da trajetória.

Dentro do exemplo anterior, a meta é mensurada com o aumento percentual de vendas no período de seis meses. 

Se o objetivo é aumentar as vendas em 30% no segundo semestre, uma estratégia interessante pode ser estabelecer um crescimento de faturamento progressivo de 5% a cada mês. Isso representa um aumento crescente de 1,25% ao longo de cada semana.

Com base nesses números, é possível avaliar o desempenho da meta e acompanhar se o crescimento percentual das vendas online correspondem ao esperado para o período. 

Prova disso é que, com relatórios semanais e mensais, é possível constatar se as estratégias para a meta têm sido eficazes ou se precisam ser reformuladas.

3. Attainable (Atingível)

Metas devem envolver ambição pelos melhores resultados possíveis. Esse é o ponto. Os objetivos devem ser realistas, até mesmo para contar com a motivação dos envolvidos com a meta.

Imagine, por exemplo, que uma empresa que fature, hoje, 500 reais por mês com vendas online estabeleça pular, para o próximo mês, para 500 mil reais de faturamento digital. 

O quão realista é isso? 

Muitas vezes o empreendedor se sabota justamente por fantasiar metas que são inatingíveis em seu atual escopo.

Por isso, todo cuidado é pouco na hora de desenvolver metas atingíveis. Nada será “SMART” o suficiente se, no fim de cada etapa, houver frustração gratuita por objetivos que, se reformulados, poderiam ser alcançados com facilidade.

No nosso exemplo anterior, dos 30% de crescimento, uma boa forma de se definir o percentual de aumento das vendas online seria compará-lo com o percentual do mesmo período no ano anterior. 

Houve crescimento, declínio ou se manteve sem alterações? O aumento percentual proposto é realista?

Outra dica interessante é fazer benchmarks para entender a média do mercado para metas similares às que você deseja alcançar. Por exemplo, se você está em um mercado onde o ROI de um anúncio de Facebook Ads é de 5x, almejar 12x pode ser um tanto irrealista.

4. Relevant (Relevante)

Até aqui, estamos vendo um objetivo nascer e se potencializar em concretude. Mas ainda falta um passo além. Uma vez estipulada a meta, são elaboradas estratégias para alcançá-la.

Nesse caso, se tratando de uma estratégia de marketing digital, uma ação válida – dentre várias opções realistas – é investir em mídias pagas como Facebook, Linkedin ou Google Ads.

Isso significa que empregar os recursos em um post patrocinado, por exemplo, será muito mais relevante do que panfletar no semáforo. Por que? Porque, com essa ferramenta, você tem mais chances de acertar em cheio seu público-alvo.

Em tempos de comunicação digital, um anúncio atrativo, relevante e entregue ao consumidor no tempo certo faz toda a diferença.

5. Time-Bound (Temporal)

Por fim, uma meta só faz sentido quando é estipulado um prazo para que ela seja cumprida. Isso se dá pelo fato de que prazos criam motivação e urgência na conclusão do trabalho.

Em nosso exemplo do crescimento em 30%, o prazo estipulado para a concretização do objetivo é de seis meses. Uma boa ideia para motivar a equipe a alcançar essa conquista é criar uma linha do tempo com data inicial, data final e marcos entre o ponto de início e fim da meta. 

Assim, todos podem acompanhar o desempenho do projeto.

Aqui vai uma dica para fechar as metas SMART com convicção de fazer a coisa certa: conforme definido na etapa em que verificamos se a meta é mensurável, é interessante estipular marcos mensais e semanais no desenrolar do projeto. 

Essa análise temporal permite, também, identificar se as estratégias adotadas durante todo o percurso da definição das metas SMART no marketing digital têm sido eficazes ou se precisam ser modificadas.

Seguindo esses critérios, baseados na meta que exemplificamos, no método SMART um objetivo específico, mensurável, atingível, relevante e temporal pode ser descrito como:

Aumentar em 30% as vendas online no segundo semestre, através das estratégias propostas pela equipe de marketing digital, garantindo um significativo aumento no faturamento até o final do ano.

Metas SMART como aliadas em processos de Marketing Digital

Nesse artigo, você foi apresentado a uma incrível ferramenta de marketing digital e tradicional que vai te ajudar a transformar ideias que, por vezes, são procrastinadas em objetivos concretos. Mas esse não é o único objetivo das metas SMART no marketing digital.


Fechar Menu