O Linkedin Brasil anunciou recentemente que disponibilizará para seus usuários a ferramenta de notícias Storylines.

Em uso desde 2017 na versão norte-americana, o novo serviço de notícias, que é compilado e avaliado por moderadores da plataforma, oferecendo uma síntese de notícias e informações relevantes com fotos e vídeos, será inserido aos poucos para os novos usuários.

Isso significa que, nas primeiras semanas, podem surgir algumas discrepâncias, enquanto todos os usuários recebem a atualização. Além disso, a função está disponível apenas para desktop, momentaneamente.

Essa é mais uma atualização de uma série de mudanças que a “rede social de negócios” tem feito para melhorar seu serviço.

Enquanto algumas mudanças focaram na usabilidade do gerenciador de anúncios, buscando atrair ainda mais o interesse de anunciantes e, consequentemente, mais dinheiro, mudanças como essa focam mais na experiência do usuário, atrás de retenção e tempo de uso.

Esse processo cíclico – aumentar o número de usuários e tempo de usuários na plataforma para, depois, facilitar a criação de anúncios ali dentro – torna a rede mais competitiva com outros players do mercado, como o Facebook Ads e o Google Adwords. 

O próximo passo para o Linkedin é adaptar a funcionalidade para mobiles, de maneira que os usuários possam ter acesso aos resumos de um parágrafo das notícias em qualquer lugar.

Como o conteúdo mostrado é selecionado pela curadoria, marcas e plataformas que quiserem expor seus conteúdos e informações precisarão otimizar ainda mais a qualidade daquilo que mostram no feed, aumentando ainda mais a competitividade por locais de destaque no Linkedin.

A funcionalidade do Storylines não faz parte do pacote premium, e por isso mesmo todos podem utilizá-la para se informarem melhor.

Para mais informações sobre as novas alterações no Linkedin, ou o que faz um post popular, clique aqui.

Caso queira ainda mais conteúdo especializado sobre marketing digital, growth hacking e informações relevantes sobre o mundo dos negócios, acesse o blog.

Fechar Menu