A plataforma social WhatsApp anunciou recentemente uma API de seu serviço WhatsApp Business para SAC de grandes empresas.

O serviço, que antes atendia apenas a pequenos e médios negócios, recebeu essa modificação para atender à mais uma demanda da plataforma na busca por monetização.

Desde sua incorporação à empresa de Mark Zuckerberg, o WhatsApp vinha passando por alterações para garantir a integridade dos dados dos usuários e ainda assim ser capaz de atrair investidores.

Enquanto alguns rumores apontavam para o uso de anúncios na plataforma, a estratégia de comunicação do WhatsApp Business será outra via, cobrando das empresas por cada mensagem não respondida depois de 24h do envio.

Essa cobrança deve variar de país para país e será cobrado apenas das empresas que utilizarem o Whatsapp Business.

Isso garante a satisfação dos usuários, sob a perspectiva de que haverá uma cobrança por respostas da própria plataforma, e ainda gera receita para a companhia, sabendo que grandes empresas terão um volume muito grande para responder a todos, mesmo com automação.

O WhatsApp também disponibilizou uma nova função chamada Conversa em um Clique, que pode ser colocada em um site ou anúncio do Facebook, facilitando ainda mais o atendimento ao consumidor.

Com a nova API, as empresas terão ainda mais controle do atendimento realizado, podendo gerar mensagens automatizadas ou ainda disparar promoções e conteúdo relevante para os usuários na base de dados. Ainda será possível, contudo, bloquear as mensagens de empresas, como ocorre no aplicativo tradicional.  

A companhia garante ainda que qualquer conversa entre consumidor e empresa será criptografada e segura, sem risco de vazar informações.

A nova tecnologia promete agregar o WhatsApp ainda mais a anúncios e outras plataformas como o Facebook e o Instagram, que já monetizaram seus serviços. Essa pode ser, inclusive, uma das estratégias de Zuckerberg para unir o Messenger e o Instagram ao WhatsApp, notícia que já discutimos aqui.

Para mais informações sobre marketing e negócios, acesse o Portal Insights.

Fechar Menu