Pokémon Go bate recorde de lucro em Agosto

Pokémon Go bate recorde de lucro em Agosto

Para quem achava que a febre de Pokémon Go havia baixado, não é bem assim. O jogo mobile bateu recorde de lucro no último mês, de acordo com a empresa Super Data, líder no mercado de inteligência de dados para jogos mobile. 

Essa é a maior receita do jogo mobile gratuito desde Julho de 2016, logo após ser lançado. Na época, foram 130 milhões de jogadores baixando o jogo e ativando contas, resultando em uma receita de 100 milhões de dólares para os desenvolvedores. 

Nos últimos dois anos, boa parte da novidade do jogo parecia ter desaparecido e a novidade desapareceu. Contudo, com atualizações constantes e investimento em eventos presenciais, a Niantic, responsável pela distribuição do app, conseguiu manter a marca ativa e reteve milhões de usuários. 

Com os eventos de verão na América do Norte e o lançamento de uma nova geração para Pokémon Go, a empresa conseguiu aumentar a receita em 44% no último mês e garantiu lugar como a mais lucrativa de Agosto, além do recorde pessoal do próprio aplicativo.

De acordo com a empresa Sensor Tower, desde o lançamento em 2016, Pókemon Go já gerou mais de 2,65 bilhões de dólares em receita. 

O jogo conquistou usuários pela tecnologia inovadora de ampliação de realidade, em que apontar a câmera para locais dentro da cidade mostravam os monstrinhos da primeira geração de jogos da Nintendo. 

O sucesso estrondoso e imediato, decorrente da necessidade de se mover pela cidade para encontrar novas criaturas e descobrir novos lugares, acabou atraindo jovens e adultos, uns pela novidade e outros pelo saudosismo.

Esse sucesso, inclusive, fez a Nintendo registrar aumento no valor de suas ações de 100% no mês de lançamento. 

Pokémon Go é um exemplo simples de como o desenvolvimento de uma comunidade fiel e iniciativas de engajamento com a marca podem ser suficientes para manter uma empresa lucrativa e ainda inovadora. 

Para mais notícias sobre marketing e negócios, acesse o Portal Insights e assine nossa newsletter pelo campo abaixo.

Talvez você goste também

Fechar Menu