Ferramenta do Google “As pessoas também perguntam” sofre redução em buscas

Ferramenta do Google “As pessoas também perguntam” sofre redução em buscas

A ferramenta de pesquisas similares do Google “As pessoas também perguntam” parece estar sofrendo reduções em algumas páginas, segundo relatórios de alguns especialistas em SEO.

As plataformas RankRanger e Moz reportaram reduções enormes em quantas vezes o box de perguntas parece nas pesquisas do Google. Na RankRanger, foi observada uma queda de 12 pontos, enquanto no Moz a queda foi de 6 pontos (as mensurações utilizam critérios distintos).

Abaixo, os gráficos demonstrando a queda nas pesquisas do Google de cada empresa.

RankRanger:

Mozcast:

Muitas estratégias de SEO se desenvolvem ao redor do box de “As pessoas também perguntam”, e pode ser que essas estratégias tenham que ser revistas depois disso.

Uma das mais comuns faz parte do Google Search Query, cuja funcionalidade é, durante uma auditoria de conteúdos, identificar os principais pontos de interesse dos usuários da internet para saber que artigos e estratégias desenvolver no futuro.

De acordo com Mordy Oberstein, da RankRanger, palavras-chave de Produtos, Serviços e Locais são as mais impactadas. 

Nenhuma plataforma brasileira realizou esses testes ainda, mas é provável que em breve mais informações sobre essa mudança surjam.

Recentemente, o Google alterou a aparência do resultados das buscas no desktop, e também começou a investigar práticas nocivas de link building. Caso queira mais notícias sobre a plataforma de buscas, confira aqui.

Para mais notícias sobre marketing digital e negócios, acesse o Portal Insights e assine nossa newsletter pelo campo abaixo.

Fechar Menu