Anunciar para pessoas em regiões remotas com o Facebook Ads parece uma tarefa simples: basta selecionar a localização em que você quer mostrar os anúncios na seleção de público e pronto.

Apesar de este ser realmente o primeiro passo para quem deseja atingir essas pessoas, está longe de ser o suficiente para gerar resultados.

Isso porque, além do desafio de alcançar essas pessoas, que muitas vezes moram em regiões sem uma internet móvel de qualidade (o que acaba prejudicando a própria capacidade do Facebook de usar a geolocalização para identificar onde essas pessoas realmente estão), ainda existe o desafio da conversão.

Isso mesmo. Você já parou para pensar que uma pessoa com internet precária (seja por rede móvel ou Wi-Fi), dificilmente vai querer esperar o carregamento daquela landing page linda e cheia de efeitos que você criou?

Sem mencionar a dificuldade de tirar uma pessoa do Facebook e Instagram.

Infelizmente, alcançar e gerar resultados com os seus anúncios do Facebook para pessoas em regiões remotas pode não ser tão simples como você imaginou.

A boa notícia?

Existem algumas formas que aprendemos ao longo de alguns anos de experiência e estudo que podem te ajudar nesta missão.

1. Evite levar a pessoa para fora do Facebook

Esta dica também vale para anúncios voltados para regiões metropolitanas, mas é muito mais importante em caso de atingir pessoas em regiões remotas.

Isso porque se partirmos de princípio de que regiões remotas terão uma infraestrutura de internet e telefonia móvel mais precária, podemos concluir que as pessoas que acessam o Facebook tendem a ter uma resistência maior em sair dos aplicativos.

Essa resistência pode ser causada pelo medo de consumir dados móveis e/ou falta de paciência para esperar o carregamento de uma página web.

Uma forma de contornar essa resistência é, portanto, evitar tirar a pessoa do aplicativo da rede social. Isso pode ser feito usando alguns modelos que o próprio Facebook nos oferece, como os anúncios de “Geração de Cadastro” ou “Mensagens”.

Outra maneira é criar estratégias de chatbots. Elas consistem, basicamente, em criar uma publicação comum na página de sua empresa e configurar o chatbot para entrar em contato com todas as pessoas que comentarem nela.

Com alguns chatbots mais modernos você pode, inclusive, criar mensagens personalizadas de acordo com o comentário da pessoa.

2. Anuncie apenas para pessoas conectadas à rede Wi-Fi

Se considerarmos que a qualidade da internet móvel em regiões remotas tende a ter uma qualidade inferior ao do resto do Brasil (que está longe de ser uma das melhores do mundo) faz todo sentido anunciar apenas para as pessoas que estão conectadas à Wi-Fi.

Afinal, se elas estão conectadas à rede Wi-Fi não haverá resistência quanto ao gasto de dados móveis.

Essa opção aparece no momento em que você está selecionando o Posicionamento ao criar o seu anúncio pelo Gerenciador de Anúncios do Facebook. Para exibi-la, você precisa antes selecionar o “Editar Posicionamento”.

3. Teste diferentes localidades

Um fenômeno difícil de explicar, mas que acabamos observando ao longo dos anos anunciando para regiões remotas no Facebook, é o hábito que algumas pessoas têm de colocar no perfil uma localidade diferente da real.

Por exemplo, uma pessoa que mora no interior de Minas Gerais pode colocar que mora em Belo Horizonte, e uma pessoa que mora em São José pode colocar que mora em Florianópolis. Em alguns casos, vimos brasileiros que claramente moravam no Brasil colocando que moram em outros países, como Islândia e Turquia.

Como mencionado, é difícil explicar o porquê, mas dependendo do tamanho de sua empresa, esse público pode consumir uma boa parte do seu orçamento, diminuindo de forma significativa a performance dos seus anúncios no Facebook.

Portanto, a dica é testar uma localização mais metropolitana quando você perceber que os anúncios para alcançar pessoas em regiões remotas não estão funcionando bem – aliás, tudo o que você ler de dicas na internet, inclusive no Portal Insights, nossa recomendação é que você teste antes de tirar qualquer conclusão.

Não existe fórmula mágica e você só vai saber se as dicas irão funcionar para o seu negócio por meio de experimentações no contexto do seu negócio.


Fechar Menu