Facebook anuncia mudanças drásticas em suas plataformas

Facebook anuncia mudanças drásticas em suas plataformas

Deseja receber as próximas notícias do Portal Insights direto na sua caixa de entrada? Clique aqui e faça parte da nossa lista de assinantes.

Em mais uma série de anúncios, dessa vez no F8, evento da empresa, Mark Zuckerberg divulgou mais mudanças em suas principais redes sociais: Facebook, Instagram e Messenger.

A nova onda de medidas e mudanças vem com o propósito de unificar e modificar ainda mais as redes sociais, direcionando para estruturas de comunidade fechada, com foco no engajamento entre usuários e a formação de laços mais diretos.

De acordo com o próprio CEO da empresa de tecnologia, 84% dos compartilhamentos já são feitos de maneira privada, em chats e conversas entre usuários, e essa nova medida surge amparando ainda mais o público e garantindo a integridade das informações.

Essas mudanças parecem diretamente relacionadas à crise de imagem que o Facebook passou recentemente, com os vazamentos de informações impactando em eleições e influenciando grupos sociais e a criação de bolhas.

O impacto foi grande, e Zuckerberg vem divulgando e anunciando essa nova mentalidade abertamente:

“Acredito que o futuro da comunicação vai ser cada vez mais privado. Serviços encriptados onde pessoas tenham segurança de que o que elas falam entre si vai permanecer protegido e suas mensagens e conteúdos não vão durar pra sempre”.

Entre as principais novidades anunciadas pelo Facebook, estão:

  • No layout, o azul tradicional será substituído pelo branco, um design mais limpo e similar ao Instagram e Messenger;
  • Os grupos terão maior destaque no Facebook, e agora será possível publicar neles diretamente do feed principal (como qualquer atualização de status);
  • Além disso, diferentes grupos com diferentes temas oferecerão ferramentas personalizadas para os usuários interagirem entre si.

Outras novidades incluem um investimento de Zuckerberg em competir com outros aplicativos em outros segmentos, como o Tinder.

Uma nova ferramenta chamada “Meet New Friends” vem com o objetivo de desbancar o aplicativo de namoro e interação social ao oferecer a possibilidade de começar interações com pessoas na rede sugeridas pelos algoritmos com base em compatibilidade (ao trabalhar na mesma empresa ou estudar na mesma instituição, por exemplo).

O Facebook Dating, concorrente direto do Tinder, também foi anunciado para mais de 14 países, incluindo o Brasil. Uma das funções, o “crush secreto”, funcionará quase como as antigas “cutucadas” na plataforma, mas será uma lista pessoal.

A maneira como funcionará é a seguinte: cada usuário poderá adicionar o perfil de uma pessoa em sua lista de “crushs secretos”, caso a adição seja mútua, eles receberão uma notificação incentivando-os a interagir.

No ramo dos negócios, o Marketplace receberá mais modificações, incluindo a possibilidade de fazer pagamentos diretamente pelo Facebook e rastrear o envio de encomendas de dentro da plataforma.

Com isso, Zuckerberg tenta recuperar a confiança de acionistas e usuários, mantendo a presença de suas redes sociais constante e lucrativa dentro do meio digital.

É importante para negócios com posicionamento nas redes sociais manter a atenção nas mudanças e na maneira em como essas alterações influenciarão o comportamento dos usuários e, consequentemente, o desenvolvimento de anúncios e campanhas.

Para mais informações sobre marketing e negócios, acesse o Portal Insights.

Talvez você goste também

Fechar Menu